Mês: julho 2017

Depois que você virou uma militante negra, é muito difícil falar com você!

Depois que você virou uma militante negra, é muito difícil falar com você!

Ao vivenciar um processo de tomada de consciência racial, ao entender as dinâmicas do racismo e as estruturas de dominação, subalternização e opressão vigentes na sociedade, cada uma de nós mulheres negras começa a mudar esse jogo. De incomodadas interlocutoras silenciadas passamos a serem pessoas que conseguem identificar e nomear cada uma das situações vividas. E isso incomoda a branquitude que quer manter seus privilégios e luta pela possibilidade de seguir nos violentando.

Anúncios